Blog

Seu roteador é antigo? Veja quais são os sinais de que está na hora de trocá-lo

05 / nov / 2021

Já faz um tempão que você colocou internet em casa e nunca trocou o roteador? Talvez você já tenha até mesmo trocado de celular, de smart TV, mas o roteador ainda é o mesmo. Esse aparelhinho, tão importante para transmitir o sinal de internet na sua residência, também tem um tempo de vida e  alguns sinais mostram que ele pode estar “cansado” ou mesmo que tenha chegado a hora de substituí-lo.

Separamos aqui quatro tópicos que você precisa prestar atenção e que indicam a obsolência do seu roteador:

1. Problema de alcance do sinal

Perceba quando o sinal wifi chega fraco ou  não chega em pontos que antes funcionavam normalmente. Outro “sintoma” que demonstra que pode estar ocorrendo algum problema com seu roteador é a instabilidade do wifi, que fica conectando e desconectando frequentemente.

Preste atenção se não há algum obstáculo como espelho, algum novo móvel sob medida, aquário ou até mesmo a interferência do micro-ondas interrompendo o percurso do sinal. Se não houver nada atrapalhando pode ser que o seu roteador esteja precisando de uma atenção.

2. Sobrecarga por aumento da banda

Isso é bem comum quando há um aumento da banda por um novo plano contratado ou upgrade do plano. Por isso, é muito importante prestar a atenção se o roteador é compatível ou dispõe de capacidade de processamento de dados.

A oferta de aumento de velocidade cresceu rapidamente nos últimos anos. Se antes o normal era o consumo de 50Mbps, 100 Mbps, hoje é muito comum a contratação de planos de 200Mbps, 300Mbps ou até mais. A questão é que muitas pessoas costumam utilizar o mesmo roteador há anos, com tecnologia desatualizada, que não oferece o desempenho necessário para receber a velocidade excedente e sofrerá com a sobrecarga.

Então é recomendável, se você for aumentar o seu plano, que seja feito teste ou substituição do seu roteador para que esse dispositivo trabalhe dentro da sua capacidade e consiga dar conta da velocidade que você precisa.

3. Muitos dispositivos conectados ao mesmo tempo

Ao longo dos anos enchemos nossas casas com dispositivos conectados a internet. Compare como era aí na sua casa há três ou cinco anos. Agora cada pessoa da família tem um celular, temos smart TVs, notebooks, tablets, relógios e agora vem chegando novos itens como micro-ondas e robôs para limpeza todos conectados a internet. É muita coisa, não é mesmo? Imagina para o roteador.

O seu roteador precisa acompanhar a evolução tecnológica dos seus dispositivos. “Roteadores mais antigos conseguiam processar dois ou até quatro celulares, mais do que isso já foge da capacidade. Hoje em dia temos roteadores para conectar 60 dispositivos ou mais. Eles são mais caros mas em muitos casos vale o investimento”, explica Cristiano Demarco, analista de suporte.

Portanto, não vale deixar o roteador lá esquecidinho. Com o uso massivo da internet, roteadores de cinco anos já são considerados obsoletos, costumam conectar apenas na frequência 2,4 GHz e não são compatíveis com a maioria dos novos dispositivos. Para sua internet funcionar direitinho recomenda-se a substituição de roteador a cada dois ou três anos.

4. Não basta ser novo, precisa ser compatível

É isso mesmo! O que mais importa não é o fato das peças serem novas mas sim de que a tecnologia embutida no roteador seja recente e compatível com a tecnologia dos seus aparelhos. Se você tem um plano de internet com banda superior a 100 Mbps, procure por roteadores compatíveis com portas Gigabit, de preferência modelos com tecnologia dual-band, atuando em 2,4 e 5 GHz. Já que a 5 GHz oferece mais velocidade e atende melhor a planos superiores.

O mercado já oferece tecnologias avançadas para uma melhor cobertura. “E não é raro residências que precisam de mais um roteador para atender a todos os cômodos. Caso você precise, procure por roteadores com tecnologia Mesh, que permite que todos os roteadores trabalhem em rede como se fossem apenas um e seus dispositivos sempre ficarão conectados no roteador com sinal mais forte. Tudo isso de forma automática, sem você nem perceber”, explica Marciano Candido dos Santos, graduado em Sistema de Informações e integrante da equipe de Infraestrutura da Clonix.

Para concluir: de tempos em tempos, tente trocar seu roteador por modelos mais modernos, de última geração, que vão trazer ganhos consideráveis a sua conexão e lhe ajudarão a aproveitar ao máximo a sua internet.

____________________________________

Redação: Ana Paula Bazi
Revisão de conteúdo: Marciano Candido dos Santos

Voltar

Mais notícias

  • A conexão de diversos aparelhos em casa, começa pelo roteador Wi-Fi! Ele distribui o sinal da internet por toda a casa sem precisar de fios. Um item essencial hoje em dia! Existem diversos modelos no mercado, com diferentes especificações e preços. Separamos algumas dicas para você escolher a melhor opção para a sua casa. Segurança: […]

    Leia mais
  • Existem algumas atitudes que podem deixar a sua conexão mais lenta, por isso, separamos 3 dos principais motivos para você ficar de olho e aproveitar melhor a sua conexão. Quantas pessoas estão conectadas: Leve em consideração o número de pessoas que vão usar a internet, seja em casa ou na sua empresa. Quanto maior é […]

    Leia mais